A REPRESENTAÇÃO DO FASCISMO NA DRAMATURGIA DE LILLIAN HELLMAN