Este capítulo traz o relato reflexivo das experiências pedagógicas do projeto anual Educação para a Vida e Valorização da Leitura em Todas as Idades da Escola Municipal Franklin Graham em Formosa-GO. Realizado nas turmas de 6º ano dos Anos Finais em 2017, justificou-se por tentar enfrentar o desafio de despertar interesse pela leitura literária, de maneira que se desenvolvesse o hábito de leitura. Objetivamos que os alunos pudessem resgatar o verdadeiro sentido do exercício da leitura e sua importância na construção do conhecimento e humanização através da Literatura, a fim de promover a formação de sujeitos leitores. A proposta de humanização através da literatura, especialmente infantil e juvenil neste contexto, parte de pesquisadoras como Regina Zilberman (2009) e Silvana Carrijo (2015), por exemplo, que defendem a necessidade de vivenciar as leituras durante o período de escolarização. Sobre a contextualização e importância da leitura, construímos um diálogo com o A importância do ato de ler: em três artigos que se completam (1989), de Paulo Freire. Os alunos foram convidados a ler as obras infantis e juvenis que colocávamos na caixa de leitura ou da caixa de gibis e, posteriormente, adicionassem ou partilhassem espontaneamente suas leituras dentro e fora de sala de aula. As leituras eram realizadas às sextas-feiras nas aulas de língua portuguesa durante o ano letivo. Neste sentido, ao propor ações que pudessem promover a formação de leitores, foi preciso motivar a leitura, colocando o livro livremente nas mãos do leitor, possibilitando, assim, o desenvolvimento da leitura literária.

Dayse Rodrigues dos Santos e Gleid Ângela dos Anjos Costa

Leia o capítulo na íntegra aqui.