ALFABETIZAÇÃO EM INGLÊS

ALFABETIZAÇÃO EM INGLÊS

A alfabetização em língua inglesa por meio do Método Fônico Sintético (MFS) já ocorre há algum tempo em países onde esse idioma é falado como língua materna. Entretanto, em salas de aula onde se ensina inglês como língua adicional, o uso do MFS pode ser um desafio, tendo em vista que há poucos experimentos com o método nesses ambientes. Portanto, objetivando levar crianças matriculadas no primeiro ano do ensino fundamental I em escolas municipais de áreas periféricas de Santarém a ler e escrever em inglês a partir do MFS, busca-se fazer frente a esse desafio. Esse empreendimento será norteado pelos trabalhos de Rosemary Allen (2004); Debbie Hepplewhite e Roderick Hunt (2011a,b); Sue Lloyd e Sara  Wernham (2012); Rhona Johnston e ‎Joyce Watson (2014); e Wendy Jolliffe, ‎David Waugh e ‎Angela Carss (2015). Tendo por base a aprendizagem através de tarefas, o método Total Physical Response e uma abordagem dramático-educativa chamada Manto do Perito criada por Dorothy Heathcote (HEATHCOTE; BOLTON, 1995), sendo também orientado pela pesquisa ação, o projeto será executado durante o ano letivo de 2019 em uma escola da SEMED-SANTARÉM e envolverá 15 crianças. As aulas serão ministradas por aluno da UFOPA que tenha concluído a disciplina Fonética e Fonologia da Língua Inglesa e supervisionadas pelo coordenador e o vice-coordenador deste projeto. Como resultado, espera-se que as crianças participantes do projeto consigam, ao final do ano letivo, ler e escrever, em inglês, textos simples adequados à sua faixa-etária. Este projeto pode representar uma importante contribuição para o campo da alfabetização em língua inglesa em ambientes onde esse idioma não é a língua materna dos alunos.

Nilton Hitotuzi e Maria Luiza Pimentel