Este artigo resulta de um estudo, em curso em uma universidade no norte do Brasil, sobre teorias e evidências de aprendizagem em estudos centrados na metodologia internacionalmente conhecida como Lesson Study (LS). Orientada pela Revisão Sistemática, a pesquisa, de cunho exploratório, buscou identificar teorias e evidências de aprendizagem em artigos acadêmicos em inglês, publicados no período de 2016 a 2018, que apontassem a eficácia dessa metodologia no ensino de conteúdos na escola. Para tanto, foram revisados 793 artigos a partir de buscas realizadas no Google Scholar com cinco combinações de palavras-chave. Após dois processos de descarte de publicações com base em critérios previamente estabelecidos, foram identificados três artigos para análise final. Além da identificação de um número diminuto de artigos que atenderam aos critérios, a pesquisa confirma os argumentos de alguns autores de que muitos estudos sobre a LS se concentram no professor, deixando em segundo plano a investigação da aprendizagem do aluno, e de que são infrequentes discussões rigorosas sobre teorias de aprendizagem nesses estudos.

Marcelo Luna de Morais e Nilton Hitotuzi

Acesse o artigo completo por aqui.